Terça-feira, 15 de Novembro de 2011

Workshop de Língua Gestual Portuguesa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Como delineado no PAA, no dia 15 de Novembro de 2010 realizou-se no salão dos alunos, das 10h às 15h o Workshop de Língua Gestual Portuguesa.

No salão foram dispostas 8 mesas e a cada mesa correspondia um tema distinto. Os alunos com surdez posicionaram-se de acordo com o seu tema. Em cada mesa colocaram-se cartões com imagens para facilitar a comunicação entre surdos e ouvintes. Os temas abordados foram: as cores, o vestuário, os animais, os países, a família, os meios de transporte, os frutos e o estado do tempo. Participaram na actividade algumas turmas desta escola acompanhados com os respectivos professores. Consoante a sua chegada ao salão eram organizadas em grupos mais pequenos e iam rodando até finalizarem a aprendizagem do vocabulário em Língua Gestual de todos os temas. De seguida, participavam no jogo “Além Gesto “para verificarem as aquisições conseguidas, bem como observar as várias técnicas que os surdos utilizam para comunicar.

Durante o decorrer do Workshop os alunos respeitaram a regra do silêncio e conseguiram comunicar através de mímica, recorrendo raramente à oralidade. É de salientar, que os alunos estavam atentos e interessados, havendo momentos em que voltavam junto dos alunos surdos para estes lhes repetir os gestos que já se tinham esquecido.

No início da actividade os alunos com surdez estavam receosos e pouco à vontade, pois pensavam que os ouvintes tinham pouco interesse em aprender e que gozariam com a Língua Gestual. Este medo foi sendo ultrapassado com o desenrolar da actividade, visto que a interacção e aceitação foi mútua.

No final da actividade os alunos surdos mostravam-se satisfeitos e estimulados para próximos desafios.

Para comemorar o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa e o sucesso da actividade terminamos o dia no bar em convívio e a saborear uma fatia de bolo. Humm…

 

publicado por erebas_se às 22:24

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

Entrega de prémios da 8ª edição do Projecto “Escola Alerta 2010/2011”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 8 de Junho de 2011, procedeu-se à entrega de prémios referentes ao projecto “Escola Alerta 2010/2011”. Esta cerimónia ocorreu no Complexo Municipal em Almada, pelas 14h.

Assim sendo, logo de manhã reuniram-se no portão da Escola Secundária da Sé todos os intervenientes do projecto, bem como duas representantes da Escola Básica do 1º Ciclo de Manteigas.

Partimos da Escola secundária da Sé às 8h30 em direcção a Almada. A nossa primeira paragem foi na Escola Secundária António Gedião, que gentilmente cedeu-nos a cantina para almoçarmos. Logo que terminámos o almoço, dirigimo-nos para o Complexo Municipal dos Desportos, já que a cerimónia estava prestes a começar.

Antes de entrarmos no Complexo, vestimos as t-shirts alusivas ao nosso projecto intitulado “ A Vida Por Um Gesto”, patrocinadas pela empresa TBM.

Fomos recebidos pelas organizadoras do evento, e enquanto aguardávamos orientações, fomos observando a exposição de todos os trabalhos premiados tanto a nível distrital como nacional.

A abertura da cerimónia foi feita por um grupo de dança que incluía jovens com deficiência motora, e um grupo de percussão.

Seguidamente efectuou-se a entrega dos prémios e apresentação dos respectivos trabalhos. Inicialmente foram entregues os prémios de categoria 1, em que a primeira vencedora foi a Escola Básica Pêro da Covilhã. Na categoria 2, na qual nós participámos, a escola vencedora foi a Escola Secundária Mira de Aire. Nós ganhámos a menção honrosa muito meritória.

No próximo ano lectivo temos pretensões de continuar a participar neste concurso, visto que o nosso objectivo principal é eliminar as barreiras existentes na cidade da Guarda, indo mais além que o projecto “Escola Alerta”.

publicado por erebas_se às 22:12

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Visita ao Centro Histórico da Guarda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia dois de Junho de dois mil e onze, realizámos a visita ao Centro Histórico da Guarda. Antecipadamente, propôs-se à Associação de Surdos da Guarda a sua participação na referida actividade, na qual prontamente se mostraram receptivos. Contudo, só alguns associados participaram devido aos seus horários de trabalho.

O ponto de encontro foi na escadaria da Sé, após terem terminado as actividades lectivas. Depois de todos os sócios da Associação, alunos com surdez e restante equipa da EREBAS chegarem ao local. Os ouvintes colocaram os audioguias, incluindo as Intérpretes Joana Silva e Alexandra Santiago, para que pudessem ouvir a informação dos diversos pontos do Centro histórico e simultaneamente fazerem a tradução para L.G.P.

Iniciou-se a visita pela Sé da Guarda, onde se destacaram as características fundamentais, tanto do exterior como do interior. Os surdos mostraram maior interesse pelo retábulo, pelas gárgulas que abundam no edifício da Sé, e como não poderia deixar de ser, pelo “cu” da Guarda. Outra das curiosidades foi quando viram o relógio solar numa das paredes da rua paralela à Catedral.

Seguidamente fez-se uma apresentação do Largo da Sé, dando relevância aos Balcões da Praça Velha ou Casas Alpendradas. Saímos da Praça Velha, descemos pela Rua Francisco de Passos ou “ Rua Direita”, onde vimos os pormenores de uma janela exemplar de decoração renascentista. Chegámos à Igreja de São Vicente e, infelizmente não podemos entrar porque se encontrava encerrada. Percorrendo as ruas do Bairro Judaico, onde podemos verificar os sinais gravados nas portas dos umbrais, normalmente cruzes, e algumas invertidas. Durante este percurso, um dos casais surdos recordou os tempos antigos vividos naquele bairro, transmitindo aos mais novos as diferenças entre o passado e o presente.

Ao longo do perímetro de muralha prestámos atenção às quatro portas que permitiam em tempos remotos a entrada e saída da cidade.

Antes de sairmos das muralhas ainda tivemos tempo de visitar a Taberna do Benfica, já que é a mais antiga taberna da cidade.

Por fim, visitámos exteriormente a Igreja da Misericórdia, pois esta também já estava fechada, mas podemos contemplar a decoração da fachada ao gosto barroco, as torres sineiras e a imagem da Virgem da Misericórdia colocada no nicho da fachada. Neste local ainda aproveitámos para fazer referência à torre de Menagem e realizar algumas questões para avaliar a aquisição dos conteúdos.

No fim da visita fomos jantar, pois a fome já “apertava”. No momento da sobremesa tivemos uma surpresa deliciosa – bolo de chocolate. Desde já agradecemos à Sra. Directora da Escola: Muito Obrigada.

publicado por erebas_se às 22:20

link do post | comentar | favorito
free counters

.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Posts recentes

. Workshop de Língua Gestua...

. Entrega de prémios da 8ª ...

. Visita ao Centro Históric...

. Dia do Intérprete de LGP

. Relatório: Ler em LGP

.Arquivo

.subscrever feeds